Encontro com Deus - Pré-Encontro


A implantação de Grupos de assistência dentro da Visão dada por Deus acerca desta Obra é algo tremendo; vem de Deus. Independentemente dessa verdade, sabemos das dificuldades na implantação deste modelo no seio da igreja. Dizem que onde há quatro crentes, há cinco ideias diferentes! Numa casa pode haver 12 irmãos e nem todos terem a mesma opinião acerca de determinado assunto, porém não deixarão de ser família por isso! Assim, é com a implantação dos grupos de assistência dentro da Visão desta Obra.

Alguns terão reservas, outros criticarão, outros pesquisarão, outros abraçarão cegamente numa demonstração de confiança plena no líder principal da igreja, especialmente um líder que nunca decepcionou seus liderados com suas atitudes e decisões e muito mais ainda, um líder cujo ministério tem sido confirmado por Deus com sinais, crescimento e o mover do Espírito Santo. Quando Deus deu a Visão desta Obra, Ele mostrou um diferencial em nosso meio. A Obediência é o segredo para realização desta Grande Obra. É uma obra que para entende-la tem que alcançar a Visão. A Visão é Uma Obra de Poder com o mover constante do Espírito Santo; Uma Obra em que a liturgia do Culto é com decência e ordem sem constranger o Espírito Santo; uma Obra de Amor; uma Obra onde A Palavra de Deus é o prumo que afere todas as coisas. 

O Encontro com Deus é a porta de entrada para aqueles que farão parte dos grupos de assistência. Nos encontros se descobre aqueles com potencial de liderança e que seguirão para a Escola de Líderes. O Pré-encontro, o Encontro, o pós-encontro e a Escola de Líderes são partes integrantes da Visão desta Obra, é ungida porque o conjunto é ministrado com muita unção e os que o recebem o fazem debaixo da mesma unção, é também metodológica, fácil, prática e funcional. Se for inteligentemente aplicada (inteligência Espiritual), não afronta a igreja local, nem traz desconforto doutrinário, pois este conjunto de atos tem tolerância hermenêutica.

No Encontro, reservamos três dias para estarmos a sós com Deus, debaixo de uma organização que objetiva absorção máxima. Por se tratar de um encontro espiritual 100% baseado nos princípios bíblicos, podemos verificar o resultado na vida de cada encontrista. De fato é tremendo! Um dos objetivos do Encontro é a identificação de líderes em potencial que estarão à frente dos grupos de assistência. Existem alguns motivos pelos quais necessitamos introduzir o Encontro como um dos passos de suma importância para cumprir a Visão de Deus desta Obra.

Primeiro, ele foi feito para novos convertidos e isso acelera o processo de crescimento e manuseio da Palavra (II Tm 3: 16-17). Além disso, desperta também o desejo de ganhar vidas.

Segundo, O povo evangélico de uma maneira geral perdeu o referencial de missão. Mas, quando recebemos a ministração no Encontro, o nosso amor pelos perdidos cresce e a nossa compreensão sobre a Visão na formação de grupos aumenta. No Encontro, pelo poder do Espírito Santo e ministração da Palavra, somos restaurados e temos a vocação despertada, a alegria recobrada com intensidade e a vontade de ganhar vidas acesa.

No Encontro somos introduzidos na visão desta Obra no que se refere a assistência às vidas. Não existem mistérios, ocultismos ou misticismos. Lendo teologicamente este guia, você detectará que pode haver teologia diferente da tradicional para a neopentecostal, porém os princípios são sagrados, teológicos, doutrinários, devocionais, não ferindo em hipótese alguma qualquer posição doutrinária renovada.

Deus tem nos dado muita graça e cremos que estamos vivendo o tempo da ampliação das tendas, estacas novas, cordas alongadas, porque a Visão diz respeito a uma obra que não é estática e sim dinâmica

Vivemos um momento histórico e especial no projeto de Deus. Pois como igreja estamos alcançando o propósito de Deus para o momento que estamos vivendo. Deus está nos dando os princípios sagrados do seu Reino, temos que entender o que Deus quer, pois uma explosão de crescimento está para acontecer e estes instrumentos que Deus coloca em nossas mãos são ferramentas preciosas para isso.

Então vamos caminhar pelos princípios, voltar para a simplicidade do evangelho, deixar a exclusividade, o individualismo e nos unirmos como um corpo bem ajustado, sempre lembrando que esta obra tem um governo e que os princípios de autoridade divinos expressos claramente na palavra de Deus nunca serão esquecidos. Avancemos ombro a ombro na mesma visão de fé do líder que O Senhor colocou sobre nós, sem tirar os olhos do autor e consumador da nossa fé.

Por que o silêncio?

“Aquietai-vos, e sabei que eu sou Deus” (Sl 46: 10)

O silêncio é uma estratégia de reflexão, não uma doutrina.

O Pré - Encontro

“... e porque isso te farei, prepara-te, ó Israel, para te encontrares com o teu Deus” (Amós 4:12b)

INFORMAÇÕES GERAIS PARA O MINISTRADOR

O que é o Pré - Encontro

É um tempo de ministração específica e direcionada para que o novo convertido entenda os processos espirituais nos quais está envolvido agora que aceitou a Jesus.

É um tempo de aprender a ouvir a voz de Deus através da Palavra ensinada, promovendo crescimento espiritual (Fp 2:12-16).

Nessas reuniões o novo convertido terá oportunidade de se auto-avaliar, de pensar sobre sua conversão e seu interesse em prosseguir nos caminhos de Jesus.

É tempo de sondagem; o discipulador poderá avaliar se o novo convertido está realmente respondendo aos processos e se está apto a ir ao Encontro (Os 6:3).

  

Princípios do Pré – Encontro

  1. Todos devem seguir rigidamente os horários estabelecidos, tanto do início como do término (tanto para a liderança como para os discípulos).
  2. Os discípulos só poderão ir ao Encontro se tiverem participado de, no mínimo, 3 reuniões do Pré-Encontro e tendo o discipulador tomado conhecimento da ausência do discípulo em uma das reuniões. Lembrando que a participação dos encontristas em cada uma das reuniões é de extrema importância.
  3. Os questionários das respectivas lições do Pré – Encontro, deverão ser foto-copiados e entregues aos encontristas. Isto agiliza o processo.
  4. Os discípulos deverão procurar copiar tudo, ou o que for possível, em um caderno pessoal, para uma melhor fixação das ministrações.

Estrutura funcional do Pré-Encontro

  1. Quatro reuniões previamente marcadas:

          -Uma vez por semana – rigorosamente

          -Exatamente uma hora de reunião

  1. O local das reuniões deve ser proporcional ao número de encontristas, com ambiente adequado ao bom desempenho do processo ensino-aprendizagem.
  2. As ministrações são específicas e direcionadas de acordo com o programa proposto.
  3. No último dia do Pré – Encontro, após a última lição, o ministrador deverá tratar dos seguintes pontos:

-Confirmar o dia, local e horário de saída para o Encontro. Deve mencionar também o destino.

-Estabelecer o dia, local e horário de retorno.

-Informar o que se deve levar para o Encontro (material de higiene pessoal, roupas, prato, talheres, copo, duas ou mais canetas, caderno de anotações, Bíblia).

-Informar o que não se deve levar para o Encontro (lanches, gravador, rádio, tablets, chicletes, livros, material extra de trabalho, telefones celulares, Pager, etc.).

-Informar quem poderá ir ao Encontro: apenas os que fizeram o Pré-Encontro satisfatoriamente.

-Confirmar se todos já se inscreveram e se existem pendências.

-Não levar crianças pequenas, de colo ou amamentando. O encontrista deverá aguardar a próxima oportunidade para que possa ir livremente.

Termos usados no Encontro

  1. Encontrista – O crente novo convertido que está inscrito no Encontro e que participou das reuniões dos pré-encontros.
  2. Encontreiro – Obreiro que trabalha para que todo o Encontro seja um sucesso
  3. Ministrador – O que trará o ensino do dia, em reunião específica.
  4. Discipulador – Aquele que tem discípulos e que tem um discipulador acima dele.
  5. Discípulo – Aquele que tem o coração ensinável, e que está debaixo da cobertura de um discipulador.
  6. Adoratório – Lugar de concentração das ministrações.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar